sábado, 30 de janeiro de 2010

4 turmas de testes para corrigir

Entre hoje e amanhã arranjarei for sure uma tendinite algures entre o ombro e a mão direita.
[Há uma semana atrás, por esta hora estava bem mais: alegre / divertida / bem acompanhada / quente / informada /inebriada /descontraíada etc e tal... ]
[E não, não é para riscar aquilo que está errado, porque todas as opções estão correctas.]

Não é fome nem fraqueza


Pois isto agora torna-se complicado adormecer sem a chaveninha de leite com mel e limão mais as duas bolachas Short Cake. É um vício.
[E está difícil tirar o assunto C-O-M-I-D-A da ordem do dia neste estáminé.]

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Uma promessa

No próximo regresso à minha casa bem portuguesa, terei quatro braços à minha espera e uma promessa de Carnaval a cumprir.
Pois claro que os beijos devem acompanhar os (a)bracitos de quem me espera, ainda que o dia de sol não seja bem de primavera. O S. José de azulejos é que pode ir à vidinha dele.
Catriada, a prima já vai!!

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

...


Ainda ando a colher (ou será comer?) os louros do fim-de-semana anterior. Desta vez não deixei escapar a oportunidade e vim toda pimpona com uma fogaça debaixo do braço para a ilha (não literalmente, claro). E a modos que todas as tardes, assim que despacho as aulas, corro para o meu chá quentinho e as minhas duas fatias de fogaça generosamente ornamentadas com compota de abóbora (home made, pois claro, quem tem mãe tem tudo incluindo estas coisas tãããão docinhas).

Portanto, se me dão licença vou ali lanchar.



Obrigadinha Sebastião, e já agora que as festividades durem outros quinhentos anos que eu sou rapariguinha para vir cá provar a iguaria de vez em quando.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Parte do fenómeno

E o fenómeno a que me refiro é este.
Já lá vão quase três anos e...
  • não sabia bem ao que vinha quando cá cheguei;
  • não mudei de sotaque;
  • não me apelidam de madeirense quando vou a casa;
  • não me habituei à praia de calhau;
  • também não me aburguesei ao ponto de frequentar o Clube Naval;
  • não me apresento como cubana;
  • não separo portugueses do continente de portugueses das ilhas;
  • não perdi a esperança de ir de vez;
  • não dei nunca o meu tempo por perdido ao longo desta jornada.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Do fim-de-semana

Madrugada. Compras. Lar. Quarto 108. Ponto. Porto. Face. Vizinhos.
Chuva. Sénior Pocheteiro. Kitty-leque. Férias. 100 escudos. Cachecol azul. Bigode de manteiga. Carapins. Bota Botilde. Babes. Preta. Equilíbrio. Alento. Vestidos. Projectos. Filmes. Sócios. Verão. Nancy Sinatra. Porta-bananas.
Mira Freita. Paisagens. Sorrisos. Luzes. Fogaça. Arões. Frio. Viagem. Baloiço. Olheiras. Malas. Depressa.
[Ordem?? A cronológica.]

sábado, 23 de janeiro de 2010

...

No meio de tanta estrutura metálica, só me falta mesmo o betão armado.
[Mas se o objectivo tem tanto de nobre como de necessário, 1,2,3, respira... 5,6,7, aguenta... 8,9,10...]

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Fire


Vem aí um fim-de-semana on fire. Daqueles que aquecem o coração, a alma e tudo.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

g2g

Rápido como um abrir [ou será fechar?] de portas. Mas o que verdadeiramente importa é que fui para mais um fim-de-semana chez... tudo!

brb


terça-feira, 19 de janeiro de 2010

...

Pôs-se um magnífico dia de sol, uma providencial visita de estudo que me livrou da turma EFA e um bom astral daqueles para acabar o dia com a cabeça em água. Dos céus emanaram directivas aqui e ali pontuadas com conceitos magníficos dos quais saliento: dream weaver, joomla, CSS...
[Posso continuar a ser só a teacher que os meus alunos já conhecem? Faz favor. Sim?]

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Tudo começou...

... há um ano atrás. Não vou dizer que foi por acaso, porque amadureci a ideia durante tempo suficiente. Também não fui propriamente original, porque entre outras fontes beberiquei daqui e dali. E não estou surpreendida por marcar hoje um ano de rabiscos online. Espero e sei que pelo menos mais um ano irá durar... Ora então, vemo-nos por aí.

Aquela iguaria que se serve fria

Durante a tarde empanturrei-me com pão de passas e nozes regado a chá de frutos vermelhos bem quentinho. O pão deu-me a energia suficiente para corrigir testes e o vermelho do chá acicatou a fúria que me fez preparar uma pequena traquinice, em jeito de lição muito bem estudada, para as meninas que pura e simplesmente acharam que era demasiada maçada escrever uma composição no teste. he he he

domingo, 17 de janeiro de 2010

Fossem outros os tempos...

... e fosse menor a distância de certo que não haviamos perdido esta. Nem que fosse só em honra dos bons velhos tempos.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

...

Incrível o meu talento para ir às compras.

sábado, 9 de janeiro de 2010

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Dia de Reis

Estou por cá há três anos e esqueço-me sempre disto. Lá em casa havia bolo-rei, bolo raínha, uma versão com doce de chila outra só com frutas cristalizadas e outra ainda só com frutos secos. Mal lhes toquei tal era a fartura de doces. Agora apetecia-me uma fatiazinha e não tenho. Pobre de mim...

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Movies #8

[Gran Torino - 2008]

Get off my lawn.

Foi tudo o que me apeteceu gritar quando apanhei um caramelo tranquilamente a cortar as catanas em plena aula. Mas que coisa, logo um moço todo aperaltado... Ele é brincos à Cristiano Ronaldo, penteado da moda, t-shirt com uns dizeres que me deixam estrábica, jeans rotos, sapatilhas a combinar com a farpela e depois faz-me isto?! Tá mal e logo eu que não perdoo coisas que andam assim promiscuamente entre o mal educado e o mal amanhado.

Parece que não vai ser em 2010 que vou perder a minha rabugice. Oh que pena... Vamos lá dar umas dicas da Paula Bobone ao puto.

E pronto, tanto pretexto jeitoso para referir o primeiro filme de 2010 e tinha de sair-me logo isto. E que filme!

domingo, 3 de janeiro de 2010

Nada mais nada menos...

... do que duas semanas sem fazer nenhum. Antecipei a viagem e num misto de ansiaudades perdi o amor a mais uns trocos para que os senhores TAP me levassem a casa um fim-de-semana antes do previsto. Não planei estes dias com especial cuidado, mas mentalmente fui escrevendo uns post-its do que deveria fazer. Vim carregada de boas intenções, já que no meu caso as intenções eram alguns manuais escolares e mais umas quantas planificações, e assim regresso.
Conclusão nº 1: Amanhã vai ser dia de [muito] trabalho.
Conclusão nº 2: Para a próxima deixo as tralhas da escola, que não me fizeram falta nenhuma, e trago o meu arsenal de pulseiras, brincos e outros adornos esses sim muito mais úteis.