domingo, 26 de setembro de 2010

Impossible is nothing

Ai sim?!
Então onde é que posso encontrar uma promoção que inclua batedeira, torradeira e como bónus a singeleza de uma máquina de café?

sábado, 25 de setembro de 2010

Délices de France #6


Eram ainda os primeiros dias de Setembro mas já o Outono marcava a sua presença nas neblinas matinais, nas cores quentes e nos fins de tarde que, dia após dia, iam chegando cada vez mais cedo dentro de portas, no aconchego de uma chávena de chá quente e na azáfama de braços que preparava o jantar de uma família temporariamente numerosa.

Encarneirar

E não, não é no mar nem em terra. Não real nem palpável. É apenas visível. Cada vez mais evidente. Notório. Demasiado trendy. In. Não um must have, mas de certeza um must follow.
Ide lá então.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

...

Mesmo que em tempo de aulas tenha a tendência de os substituir por coisas tão menos interessantes.

Need to change that reckless habit...


terça-feira, 21 de setembro de 2010

Délices de France #5


No campo não há elementos a cortar a paisagem. As estradas são longas sempre ladeadas por plantações de beterraba e girassol. A falta de edifícios faz-nos crer que no campo há mais céu e mais luz mesmo em dias cinzentos.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Délices de France #4


As lembranças para os amigos vieram daqui e o mais difícil foi mesmo sair da loja sem trazer um chocolatinho de cada. Só para provar...

domingo, 19 de setembro de 2010

Ainda sobre a serenidade

Há alguns fins-de-semana que o telemóvel não estava assim tão sossegadinho.
Primeiro estranha-se depois entranha-se.

Délices de France #3


Aos Domingos a padaria da vila instalava-se à mesa do pequeno-almoço.
Eu bem sabia que ía ter muitas saudades destes croissants com compota de cereja caseira e uma chávena de Ricoré quentinho.

sábado, 18 de setembro de 2010

(Re)Começar


Nos últimos dias de Julho arrumei capas, livros e canetas. Fechei o dossier escola para reabri-lo agora um fim-de-semana antes do início das aulas. Durante as férias não tive saudades do trabalho. Limitei-me a aproveitar os dias e a vive-los sem angústia tudo porque sabia que ficaria na mesma escola tal e qual como desejava e ainda desejo.

Sem contratempos apresentei-me na escola no dia marcado, ofereci-me para colaborar com alguns colegas em tarefas administrativas e compareci à reunião geral. Serenamente recebi um horário bem arrumado e estou satisfeita com as turmas que me couberam não tivesse sido eu a escolhe-las quase todas. Já não receio os cargos que me atribuiram e conheço bem quase todas as pessoas que vão trabalhar comigo. Entre hoje e amanhã vou preparar a recepção à minha direcção de turma e fazer um esboço individual das metas a atigir até ao Natal. As minhas e as deles. Já há algum tempo que não iniciava um ano lectivo com tanta serenidade.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Délices de France #2

Pithiviers é uma cidade geminada com Ovar.
Tão longe e tão perto de casa.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Pelos cabelos [os meus, os antigos, os lisos]


Um infeliz levantamento de raiz resultou num mar de caracóis na minha cabeça. Haja paciência, secador e muito finalizador com protector térmico.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Délices de France #1


Chamam-lhes macarons e são mesmo bons.
Rima mas não é verdade. Estas maravilhas não são boas são deliciosas e como quase tudo que tem estes atributos são também dificílimos de confeccionar.