sexta-feira, 30 de julho de 2010

Dress-down Friday é...

... ver o Zé Alberto a dar as notícias gravata-less.
E eu só não vou amanhã para escola de havaianas porque é dia de entregar as notas aos E.E. e isso é coisa para cair mal...

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Final feliz [como convém]

Pompa, circunstância, passadeira vermelha e televisão para a entrega de diplomas. Agora vá, na hora dos discursos, não se esqueçam de dizer que por trás daquele 9º ano está muito empenho, dedicação, espírito de sacrifício e muitas horinhas passadas a estudar. Digam que esse diploma vos saiu do lombo e que estão muito orgulhosos da grande conquista que acabaram de alcançar.
Só não digam que querem continuar a estudar porque assim que eu ouvir qualquer coisa parecida mato-me, mas antes ponho a minha licenciatura à venda, ofereço o meu diploma de 12º Ano e o diploma de 9º ano vou oferece-lo a alguém necessitado. Assim com'assim eles são dados e são.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

terça-feira, 27 de julho de 2010

Lindas, leves e frescas

Isto e muito mais aqui.
E não vale a pena dizer que são feias, deselegantes, que parece que usa fraldas e não-sei-quê-não-sei-que-mais.

Estas são muito minhas e eu tenciono dar-lhes muito e bom uso.


segunda-feira, 26 de julho de 2010

Deste dia que eu festejo muitas vezes


Não é inspiração é uma adoração desmesurada, quase irracional mesmo, que me emociona só de pensar em escolher as palavras mais dignas para legendar esta foto.
Será um dia a minha maior perda. Será sempre um pilar na minha vida.

domingo, 18 de julho de 2010

sábado, 17 de julho de 2010

...

Ah pois, que isto de andar dia sim, dia sim a viver uma vidinha não tem piada nenhuma.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

...

E eu coloco-a em prática de cada vez que tenho histórias de vida do CNO para ler...

My oh my...


quarta-feira, 14 de julho de 2010

...


Toda a gente fala dos poderes adivinhadores d' O Polvo, do talento d' O Polvo, da habilidade d' O Polvo e blá blá blá d' O Polvo, mas para mim, e principlamente a esta hora, o polvo [assim escrito com minúsculas porque não precisa de ser O tal basta-me que seja um tenrinho] teria utilidade se estivesse na mesa da minha cozinha assim tal e qual a foto documenta.
[follow the guidelines here]

terça-feira, 13 de julho de 2010

...

Sim, eu assisti em directo ao programa das receitas da Teleculinária em que Filipa Vacondeus prepararou um belíssimo arroz de vestígios de chouriço. E foi a partir desse momento que eu passei a papar [quase] tudo o que são programas de culinária.
Por estes dias, leia-se Domingo passado, dei por mim a ver isto em versão televisiva na Sic Notícias e a gostar bastante das receitas, do toque distinto dado a cada um dos pratos, da decoração da cozinha [que achei bonita na televisão, mas não escolheria para minha casa], mas ao mesmo tempo a enervar-me com aquela pronúncia não-sei-de-onde que me fazia repetir cada palavra que resvalava assim que chegava aos meus ouvidinhos.
Vou passar a seguir o blog porque o programa já tem gravação encomendada no Sr. MEO!

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Palavras Moribundas #5

adianto
Assim como na expressão:
Vamos já dar um adianto nisso!
Que é como quem diz:
Vamos já tratar de despachar a coisa!
Não sei se estão a ver?

Efeito 9,5


Ora se o objectivo da pirralha é nunca mais me ver pela frente e se o meu próprio objectivo é nunca mais ver aquele empecilho de ângulo nenhum, parece-me que a solução [por mim encontrada] é bastante viável.


Adoro quando as pessoas concordam comigo e costumo dar a essas atitudes o pomposo nome de sensatez.


domingo, 11 de julho de 2010

O que é que você vai fazer Domingo à tarde?

Só falta a caneta cor-de-rosa, 3 milímetros, ponta super-fina. E claro que a saudável maçã vai ser substituída por um energético pacote de gomas ácidas.


sábado, 10 de julho de 2010

Os pseudo-saldos


Eu ainda sou do tempo em que se encontravam grandes pechinchas nos saldos em Agosto, mas isso sou eu que sou uma velha.

Entrar na Zara por estes dias faz lembrar os países subdesenvolvidos onde as pessoas se desunham por um punhado de farinha. Aqui passa-se a mesma coisa por um desconto de 4€, só que eu não tenho nem arte, nem engenho, nem paciência, nem tempo para isso. Hoje, pela primeira vez em muitos meses, fui espreitar a Zara aqui da baixa e trouxe um casaquinho preto que alguém deixara para lá a um canto. Enjeitadinho... Coitado.