sábado, 20 de fevereiro de 2010

20 de Fevereiro de 2010


Nenhuma palavra tem força bastante que possa equivaler ao pulso da tragédia que a natureza impôs hoje na Madeira. As notícias foram chegando aos poucos, as imagens mostraram o que ninguém quis ver. Foi uma tarde de angústia até saber que os meus estão bem. A distância foi [outra vez] maldita e amaldiçoada.

1 comentário:

Corset disse...

é horrível :\