domingo, 7 de março de 2010

Fitness is a battle* [bem que o slogan avisava]


Aqui pela ilha ainda há muita coisa antes-20-de-fevereiro e pós-20-de-fevereiro. Uma das coisas que era mas já não é, pelo menos por enquanto, é o meu querido e adorado ginásio. Sim, para mim o ginásio tinha estes atributos. Era aconchegadinho, às vezes estava demasiado atafulhado de pessoas para o meu gosto, mas pelo menos não havia muitos daqueles seres que andam para lá a pavonear-se em em frente aos espelhos todas maquilhadas e com decotes até ao umbigo que de cada vez que dão um saltinho têm de se certificar que as ditas cujas não vieram à janela ver se estava bom tempo.

A falta de um ginásio aqui nas redondezas seria a desculpa perfeita para assumir com toda a legitimidade que posso engordar que nem uma mula para a seguir deprimir e lamuriar-me não sem antes rejeitar qualquer vislumbre de sentimento de culpa por enfardar tudo o que me aparece pela frente.


Pois que não é bem assim:


  • no ginásio sinto-me uma Super-Menos de cada vez que aumento duzentos gramas na carga durante aulas de Pump;

  • a maldita ginástica rítmica que a minha mãe me obrigava a frequentar no clube lá da terra deu-me elasticidade suficiente para fazer alguns exercícios de Balance melhor que muito boa gente lá do ginásio;

  • e agora sem as aulas de Combat como é que eu vou fazer de alguns dos meus alunos [e colegas e directores...] autênticos sacos de porrada!?

Estou há uma semana na ilha e há três sem mexer uma palha ginasicamente falando e a ressaca já vai assim. Avizinham-se tempos difíceis, por isso se me virem subir e descer freneticamente as escadas do prédio não me internem, levem-me ao ginásio! Agradecida.

*Fitness is an addictive battle [I shall add]

2 comentários:

Hyndra disse...

Uma pessoa habitua-se e depois sente-lhe a falta! :-D Compreendo perfeitamente o que é isso.

Menos disse...

Um bocadinho ao jeito primeiro estranha-se depois entranha-se! **