domingo, 8 de maio de 2011

Flowa Powa


Em igual proporção flores e pessoas enchem todas as artérias da cidade. Note-se que quando digo todas são efectivamente TODAS, TODINHAS inclusivé a minha própria rua que hoje se transformou numa sala de refeições ao ar livre. A última mesa esteve estrategicamente colocada em frente à porta do prédio, mais parecia que eramos todos vizinhos e que partilhavamos todos na mesma rua. É festa, é música, é paródia... Tivesse eu metade da lata de uns e outros, pegava no meu prato de comida e no meu copo de Brisa maracujá e sentava-me à mesa com os senhores franciús. Ou então não, das pessoas eu prefiro as mais pacatas e das flores as menos exuberantes.

2 comentários:

AVOGI disse...

e se eu te disser que nao vi o cortejo, acreditas? nem saí de casa estive a plantar e pumf lá foice o cortejo
kis :=)

Menos disse...

Acredito sim, e já somos duas! É muita gente de volta de mim que sou tão pequenina ;) Bjinhos