quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Fevereiro, curto mês e o menos cortês


Pelo Inverno que ainda vai a meio. [Ou estará só a começar?]
Pelos cortes.
Pelo aumento dos transportes.
Pelo trabalho [o novo] que aí vem.
Pelos dias que nunca mais crescem.
Pelos [restos mortais dos] saldos de castigo ao um canto das lojas para não perturbar as novas colecções.
Pelo preço das viagens de avião.
Pelos discursos patéticos de palavras sem alma.
Pela comiseração que muitos apregoam, mas quase nenhuns sentem.
E já agora, pelas celebrações importadas, mas tão mal aportuguesadas.

1 comentário:

AvoGI disse...

mas vem o Carnaval as malassadas as mini ferias e logo entra MArço
kis .=)